Homenagem ao Freddy

abril 18, 2015


Esta semana foi encontrado um pequeno pardal perto da minha escola. Quem o encontrou não conseguiu ver o ninho e pensou que ele estava abandonado, por isso apanhou-o para o salvar. 
Talvez ele não estivesse abandonado e a mãe continuasse lá perto a tratar dele. Ou talvez ele tenha sido mesmo abandonado e essa pessoa que o encontrou fez a coisa certa.

Eu assumi a missão de tentar tratar dele até ele conseguir voar. E até lhe arranjei um nome – Freddy.

Infelizmente morreu na primeira noite… Fiquei triste por ter falhado nessa missão mas a verdade é que fiz tudo o que estava ao meu alcance para o salvar. 

Ele foi separado da mãe e dos irmãos e provavelmente nunca tinha tido contacto com humanos. Por isso ele era um passarinho muito assustado. Li algures que o stress e o medo podia matá-los e talvez foi essa a causa da sua morte. Mas eu tentei protegê-lo.

Fiz muitas coisas erradas (o que é normal porque nunca tinha estado numa situação parecida antes) mas acredito que também fiz algumas coisas pelo bem dele. 

Dei-lhe comida, mas se calhar não foi suficiente ou não foi a indicada. Talvez foi essa a razão dele ter morrido. 

Tentei aconchega-lo e fazer um ninho o mais parecido possível ao da mãe, mas talvez não fosse quente o suficiente e ele tenha morrido de frio…

São muitas as razões possíveis para a morte dele: medo, stress, falta da mãe, frio, fome… Agora é tudo um grande TALVEZ. Mas eu pelo menos tentei salvá-lo e fazer tudo o que estava ao meu alcance. Não foi o suficiente, mas eu tentei. E é isso que me deixa feliz. Pelo menos eu tentei salvar a vida desse passarinho, tentei que ele tivesse tudo o que tinha direito. E isso é o que importa. Eu fiz algo bom.

Eu gostei do Freddy, gostei de o conhecer. Espero que ele também tenha gostado da minha companhia nos seus últimos momentos de vida. Fiquei muito triste por saber que tudo o que fiz não resultou, mas acredito que ele está num lugar melhor agora. 
Talvez ele precisa-se de morrer para não ter de sofrer.

Esta é uma homenagem ao Freddy, que teve uma vida muito curta, mas muito preciosa. Que me ensinou coisas que mais ninguém seria capaz de me ensinar. Ensinou-me o verdadeiro valor da vida. 
Agora prometo que se algum dos teus ‘primos’ ou ‘irmãos’ me vierem parar às mãos, vou ter mais cuidado e tentar não cometer os mesmos erros. 

Obrigada por teres feito parte da minha vida
Obrigada, por tudo, Freddy. Descansa em paz.

You Might Also Like

0 comentários

A vossa opinião é muito importante e ajuda o blog a crescer :)

Like Us on Facebook

Most Popular