Sessão de Cinema: Corações de Ferro (Fury)

fevereiro 27, 2016


Este fim de semana trago mais um filme para vocês. Era para ter saído ontem, mas acontece que nem sempre as coisas correm como planeado e o tempo ontem foi escasso!

O filme de hoje é o Fury, que estreou a pouco tempo e eu já andava para ver... No entanto o meu professor de psicologia decidiu apresentá-lo na aula, o que agradou a todos :)

Realmente é a disciplina perfeita para ver este filme. Passado já no fim da 2ª Guerra Mundial, os soldados estavam já com um estado psicológico muito degradado devido ao que lá passaram e estariam para passar. Era o tudo ou nada!




 
Protagonizado por Brad Pitt, que interpreta Don (mais conhecido por Warddaddy), um sargento que chefia um grupo de cinco soldados num tanque e os leva a cometer as maiores loucuras. O objetivo é, obviamente a vitória, garantindo que os irá proteger até ao fim.





Enquanto lidera a equipa para as guerras e lhes dá força, Don tem ainda de lidar com o recém chegado membro, Norman, que não sabe nem como disparar uma arma. 



O estado psicológico de todas as personagens está bastante afetado pela Guerra. 

Norman fica frustado ao ter de matar o primeiro homem e os restantes sofrem com o passado e as adversidades que a guerra lhes trouxe. No entanto são uma equipa unida e o espírito de equipa e amizade entre eles é notável desde o início. 

Apesar de tudo, esta equipa caricata protagoniza alguns momentos leves entre as batalhas. Momentos em que convivem, aprofundam a amizade entre eles e ainda brincam com a situação dizendo que aquele é 'o melhor emprego que alguma vez tiveram'.



Sem dúvida um filme fantástico! São muitos os filmes em torno da 2ª Guerra Mundial, mas são poucos aqueles que levam diretamente o espetador para o campo de batalha e onde se sente a verdade crua do que aqueles homens passaram e a frieza necessária em campo de batalha. 
Onde nunca estão a salvo e o perigo espreita a toda a hora. 
Onde não existe certo e errado
Onde têm de aproveitar todos os pequenos momentos de felicidade que ainda lhes restam. 
Onde o espírito de equipa se sente como um meio para suportar o inferno. 
E onde morrem homens a cada segundo. Homens que talvez sejam seus amigos, companheiros, irmãos...

Todos perderam. Acredito que os que morreram em campo foram mais felizes, porque os que sobreviveram ficaram traumatizados por toda a vida!

Deixo-vos com o trailer. E assistam! Tenho a certeza que não se vão arrepender!

Facebook Instagram | Twitter | Snapchat: wib_dayvlog

You Might Also Like

6 comentários

  1. Adorei, vou reservar um dia para assistir! :D

    http://rumoahollywood.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. O filme chega a ser bem tenso nos momentos finais. Gostei principalmente dos momentos mais tensos.
    Beijos
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim esses são os meLhores!
      Ai os momentos finais! Deixou-me com o coração nas mãos!!

      Beijinhoo!

      Eliminar
  3. Tive o prazer de assistí-lo ainda no cinema, na minha opinião o MELHOR FILME DE GUERRA DA VIDA!!! Os atores arrebentaram na interpretação, o roteiro perfeitamente construído, daqueles filmes que a gente sai da sala do cinema pensando na vida... (fiquei louca da vida por que ele saiu bem na época dos 50 tons de cinza... e a galera toda falando dessa "coisa" e, pelo menos das pessoas que eu conheço ninguém assistiu o Corações de Ferro no cinema, me deu revolta com o gosto da galera...)

    http://michellemourablog.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu infelizmente não o vi no cinema mas adorava ter visto porque no cinema é bem melhor assistirmos filmes destes :)
      Eu acho que está mesmo bem construído e os atores foram espetaculares! Muito lindo mesmo. E bem real.
      Eu também já vi o 50 tons de cinza e realmente este mete-o a um canto ahah Não achei tanta piada ao filme sinceramente.

      Eliminar

A vossa opinião é muito importante e ajuda o blog a crescer :)

Like Us on Facebook

Popular Posts

Most Popular